Testar os seus pulmões: o exame de trocas gasosas

A principal função dos pulmões é oxigenar o sangue e eliminar o dióxido de carbono. Isto designa-se por trocas gasosas. Certas patologias, como a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) ou a fibrose pulmonar idiopática (FPI), podem dificultar as trocas gasosas.

O exame de trocas gasosas avalia o grau de eficácia dos pulmões com que o oxigénio do ar que respira se transfere para o sangue. Este pode servir para ajudar a diagnosticar e monitorizar inúmeras patologias pulmonares.

Última atualização 13/12/2022
This content is available in multiple languages.

Quando farei o exame?


O seu profissional de saúde irá aconselhar que faça o exame caso necessite de obter mais informações sobre o grau de eficácia dos seus pulmões. Se precisar de esclarecimentos sobre o estado em se encontram os seus pulmões ou sobre o exame de trocas gasosas, terá de falar com o seu prestador de cuidados de saúde.

O que acontece durante o exame?


O exame envolve a inalação de uma pequena, mas segura, quantidade de gás denominado de monóxido de carbono por uma boquilha e a sustentação da respiração durante 10 segundos para ver qual é a capacidade inalada pelos seus pulmões.

  1. Antes de realizar o exame, o seu profissional de saúde explicará o que tem de fazer e como deve soprar para a boquilha.
  2. Ser-lhe-á solicitado que coloque uma prega no nariz antes de realizar o exame. Isso serve para evitar fugas de ar pelas narinas.
  3. Durante o exame, começa por respirar normalmente para a boquilha. É-lhe então solicitado que realize uma inspiração longa e profunda e depois que deite o ar fora dos pulmões, exalando o mais prolongadamente possível.
  4. Quando não conseguir expelir mais ar, ser-lhe-á solicitado que volte a respirar fundo, enchendo os pulmões. Terá então de reter o fôlego durante 10 segundos e depois deitar o ar fora e respirar normalmente.
  5. Após o exame, poderá descansar uns minutos antes de repetir o mesmo exame para ver se os resultados coincidem.

O que dizem os resultados?


A amostra gasosa que expirou no exame será analisada pela máquina. Os resultados vão indicar ao seu profissional de saúde qual é o grau de eficácia dos pulmões na transferência do oxigénio para o sangue.

O seu profissional de saúde vai comparar os seus resultados com os que são considerados normais para uma pessoa da sua idade, altura, sexo e etnia.

O que sucede se os resultados do exame não forem normais?


Resultados anómalos sugerem que o oxigénio não passa facilmente dos pulmões para o sangue. Tal poderá dever-se a diferentes problemas de saúde, incluindo fibrose pulmonar idiopática e DPOC. O seu profissional de saúde analisa os resultados consigo para tentar perceber a causa.

Muitos dos problemas que afetam os pulmões são provocados pelo tabagismo. Nunca é tarde para deixar de fumar e existe apoio disponível – pergunte ao seu profissional de saúde de que forma este poderá ajudá-lo(a) a deixar. O website da Fundação Europeia do Pulmão (www.europeanlung.org) tem muitas informações sobre os benefícios de deixar de fumar que pode descarregar em vários idiomas, sendo este um bom ponto de partida.

Se já lhe foi diagnosticado algum problema nos pulmões, os seus resultados irão ajudar a perceber qual será a melhor forma de lidar com isso e se terá de fazer algum tratamento. O seu profissional de saúde falará consigo sobre esse assunto.

Que problemas poderão surgir durante o exame?


Não temos conhecimento de riscos associados à realização do exame de trocas gasosas, mas poderá sentir fadiga – especialmente se padecer de alguma patologia pulmonar. Certifique-se de que sabe com o que vai contar antes de o fazer. Pode preparar-se vendo o nosso vídeo sobre o exame de trocas gasosas indicado abaixo ou em www.youtube.com/watch?v=5eET_dRV284&t=4s. Saber com o que vai contar pode poupar-lhe tempo e energia.

Ser-lhe-á dado tempo para se recompor entre exames para não se cansar em demasia.  Caso sinta cansaço ou sensação de desmaio, peça ao seu profissional de saúde alguns minutos para se recompor antes de voltar a tentar fazer o exame.

Para algumas pessoas, o exame pode dar-lhes vontade de tossir. Se isso suceder consigo, tente limpar o tórax antes de voltar a tentar.

Vou precisar de fazer mais exames?


Poderá ser-lhe pedido que repita o exame de trocas gasosas em alturas diferentes para se perceber o que será um resultado normal no seu caso e para monitorizar o seu estado de saúde.

Se os resultados sugerirem que poderá padecer de alguma patologia pulmonar, o profissional de saúde poderá aconselhar-lhe mais alguns exames para conseguir fazer um diagnóstico.

Vídeo do exame de trocas gasosas


Subscreva o nosso boletim informativo