Print

Síndrome de dificuldade respiratória aguda

A síndrome de dificuldade respiratória aguda (SDRA) é uma doença potencialmente fatal na qual os pulmões não conseguem funcionar adequadamente. É causada por lesões na parede capilar, seja devido a doença ou devido a uma lesão física, como por exemplo um grande traumatismo. Isto resulta em que a parede fica com fugas, levando a uma acumulação de líquido e ao eventual colapso dos alvéolos, deixando os pulmões incapazes de fazer as trocas de oxigénio e dióxido de carbono.

A insuficiência respiratória aguda (IRA) é um termo utilizado frequentemente em conjunto com a SDRA, mas é um termo mais alargado que se refere à insuficiência dos pulmões devido a quaisquer causas, como por exemplo a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC).

Última atualização 30/04/2021
This content is available in multiple languages.

Sintomas


É improvável que a SDRA ocorra isoladamente, é geralmente o resultado de um outro problema de saúde ou de um acidente ou lesão graves. É provável, portanto, que as pessoas que sofrem de SDRA já tenham sido internadas no hospital. Os sinais de que uma pessoa poderá ter desenvolvido SDRA incluem a falta de ar ou os dedos ou lábios azulados

Causas


Existem dois tipos de eventos que podem causar SDRA; Lesão direta aos pulmões e lesões indiretas a outras partes do corpo.

Causas diretas

  • Pneumonia
  • Conteúdo do estômago movendo-se para dentro do pulmão (conhecido como aspiração gástrica)
  • Quase afogamento
  • Traumatismo grave nos pulmões
  • Inalação de fumo e gases tóxicos
  • Uma embolia gorda – quando a gordura do corpo entra no sistema respiratório e causa problemas

Causas indiretas

  • Inchaço generalizado no corpo, causado por uma reação excessiva do sistema imunológico (conhecida como sépsis grave)
  • Choque
  • Múltiplas transfusões de sangue
  • Inflamação no pâncreas (conhecida como pancreatite)
  • Coagulação do sangue
  • Overdose de drogas

Tratamento


Os médicos identificam a SDRA com base em diversos critérios, incluindo o agravamento dos sintomas pulmonares, uma radiografia que mostre a presença de líquido nos pulmões, insuficiência pulmonar sem uma causa conhecida ou como sendo a síndrome que ocorre no prazo de uma semana após uma lesão conhecida.

A doença é tratada de várias formas:

  • Ventilação mecânica, que ajuda os pulmões a respirar artificialmente depois de estes terem parado de funcionar
  • Gestão de líquidos, seja restringindo a ingestão de líquidos ou fornecendo líquidos adicionais, consoante as necessidades do doente
  • As estratégias que utilizam as vias respiratórias para aceder ao pulmão lesado podem mostrar-se benéficas, mas tem havido pouca investigação quanto ao sucesso destes tratamentos
  • Técnicas e dispositivos que envolvem a retirada de sangue de um doente e a adição de oxigénio ou a remoção de dióxido de carbono, para ajudar a apoiar os pulmões e o coração (conhecidos como (oxigenação por membrana extracorpórea, ECMO)
  • As medidas de suporte, como por exemplo virar o doente de barriga para baixo, e o suporte nutricional também podem ajudar Até agora, não se desenvolveram tratamentos farmacológicos eficazes para ajudar a tratar a SDRA

A SDRA pode causar a morte, uma vez que há a falha de múltiplos órgãos. Os idosos e as pessoas com outras doenças são as que têm maior probabilidade de morrer de SDRA.

Subscreva o nosso boletim informativo